top of page
  • Ronaldo Gomes dos Santos

Prefiro ficar só


Não quero mais negar as evidências

Todos os fatos são contrários

O que deveria ser, não é

Subitamente começo a entender

A vazão do meu individualismo

Apesar da dor, isso me acalenta

Me sentiria aprisionado se compactuasse

Com todo o sistema

Esquecido, mas libertado

Livre, porém solitário

Entre tanta gente

Há um espaço reservado

Para um ser solitário

Isolado na sua total insignificância

O anseio pela cessação

Para um ser ausente

É o propósito do isolamento

A razão de todo o vazio

De que me vale a minha essência

Se não tenho reconhecido o meu valor?

De que adianta seguir

Se não posso agir?

Essa é fonte de todo o meu complexo de rejeição

bottom of page