top of page
  • Ronaldo Gomes dos Santos

Eternidade


O que dá sentido à vida é a morte

O tempo é a ilusão

Nos mantém afastado da cura

A libertação do ego

O âmago se fere e se rende

É volátil e perigoso

Um lugar muito além do tempo

Onde a morte não existe

O tempo perdura

Amansa e flutua

O abandono da sede ao poder

Eu vim para trazer a ilusão

Da morte que não existe

A eternidade é o trunfo

É o sentido da jornada

Perpetua na essência

bottom of page