top of page
  • Ronaldo Gomes dos Santos

A novela DC Warner - continuação

No dia 22 de novembro, trouxe uma timeline referente aos capítulos iniciais da novela Warner DC e, assim como nos quadrinhos houve alguns momentos revolucionários chamados de Crises da DC, parece que este é o momento live action dessa trama.



No dia 07 de dezembro, o Hollywood Reporter noticiou o seguinte:



'Mulher Maravilha 3' de Patty Jenkins não está avançando quando os filmes da DC atingem o ponto de virada (exclusivo)


Os novos chefes da DC Studios, James Gunn e Peter Safran, estão nos estágios finais de preparação de seu plano plurianual antes da apresentação crucial da próxima semana ao CEO da Warner Bros. Discovery, David Zaslav.


Chame isso de DC Rebirth ou DC: Genesis. Talvez chame isso de Crise de Identidade ou Ponto de Ignição. Esses títulos das séries anteriores de eventos de quadrinhos da DC descrevem apropriadamente o estado dos filmes da DC da Warner Bros., que estão à beira de uma nova era, mas não antes de um período de transição potencialmente confuso.


(Fonte: https://www.hollywoodreporter.com/movies/movie-features/wonder-woman-3-not-moving-forward-dc-movies-1235276804/)


E com isso uma verdadeira crise se instaurou entre a mídia, que divulgaram diversos rumores quanto ao futuro planejado pelos novos CEOs da DC, James Gunn e Peter Safran. Dentre os rumores estão o reboot total dos atores que deram vidas aos heróis da Liga da Justiça.

Mas vamos ao que temos de “concreto” até o momento:


James Gunn, em seu twitter escreveu o seguinte:


"Quanto à história no Hollywood Reporter, parte dela é verdadeira, parte é meia verdade, parte não é verdade e parte ainda não decidimos se é verdade ou não".

"Embora este primeiro mês na DC tenha sido frutífero, construir os próximos dez anos de história leva tempo e ainda estamos apenas começando".

"Peter e eu escolhemos dirigir o DC Studios sabendo que estávamos entrando em um ambiente turbulento, tanto nas histórias contadas quanto entre o próprio público, e haveria um período de transição inevitável, à medida que passássemos a contar uma história coesa entre filmes, TV, animação e jogos".

O que, de fato, não trouxe as respostas que os fãs da DC queriam, mas ele está trabalhando no projeto de 10 anos do futuro do universo da DC, que deverá ser entregue ao David Zaslav, CEO da Warner Bros. Discovery, antes do Natal e, finalmente apresentado ao público em janeiro próximo. Até lá, diariamente recebemos notícias e rumores de possíveis eventos que deverão ocorrer nesse plano, como a questão do baixo desemprenho da bilheteria do filme Adão Negro deverá impossibilitar a sequência do longa que estava tido como certo. A mudança de personagem para o ator Jason Momoa, que deixará de interpretar o Aquaman e será o Lobo numa adaptação do personagem anti-herói dos quadrinhos. Com a saída da diretora Patty Jenkins, a atriz Gal Gadot não deverá retornar ao papel da Mulher Maravilha... enfim, só nos resta aguardar para saber dos novos desdobramentos dessa “adaptação” das crises da DC para entender essas reviravoltas nesse enredo novelístico.

bottom of page